6 tendências de RH para 2020

Share RH

Share RH,

Publicado dia 21/02/2020

tendencias-de-rh

O RH tem sido impactado por inúmeras transformações nos últimos anos e em 2020 não será diferente. Assim como em outros departamentos, a tecnologia tem sido uma grande aliada do RH  para otimizar e automatizar diversas atividades burocráticas do dia a dia, facilitando a vida dos profissionais. 

Esses benefícios impactam diretamente no aumento da produtividade das equipes, que tem se tornado cada vez mais estratégicas.

Para você entender um pouco mais sobre as tendências de RH para 2020, separamos 6 dicas para aplicar na sua organização o quanto antes. Acompanhe!

 

1.    Crescimento do uso da Inteligência Artificial (IA) nos processos seletivos 

Podemos definir a Inteligência artificial como um ramo da ciência da computação que simula as percepções e o raciocínio humano, para atuar na tomada de decisões e resolução de problemas.

A IA já vem sendo amplamente utilizada nos processos seletivos e a tendência é que seu uso seja ampliado em 2020, através de novas aplicações. 

Os softwares de recrutamento e seleção com IA são capazes de auxiliar em diversas etapas do processo seletivo, como por exemplo:

Triagem de currículos:

Após definir o perfil da vaga, é possível incluir as competências do candidato ideal no software, para que ele mesmo faça a triagem e aponte quais candidatos possuem o perfil desejado.

Análise de emoções do candidato:

A inteligência artificial é capaz de analisar as expressões faciais dos candidatos e identificar suas emoções durante a gravação da entrevista por vídeo, indicando por exemplo, se ele está calmo, nervoso ou confuso. Para realizar essa análise os algoritmos são treinados com diversas imagens, sendo capazes de captar micro expressões na face do candidato para assim  apontantar qual a emoção corresponde às expressões identificadas. Esses insights são valiosos e podem ajudar o recrutador na tomada de decisão, embora não seja o único critério de decisão.

 

2. Gamificação como aliada do RH

A gamificação é uma das grandes tendências de RH para 2020. A estratégia nada mais é do que o uso de dinâmica de jogos com intuito de auxiliar na aprendizagem, engajamento de pessoas e na resolução de problemas.

No recrutamento e seleção, a técnica vem sendo muito utilizada, especialmente em processos seletivos mais longos e com muitos candidatos, como por exemplo em programas de estágio e trainee.

Através dos jogos, é possível, por exemplo avaliar o fit cultural dos candidatos, raciocínio lógico e agilidade mental. Além disso, os processos seletivos se tornam mais estimulantes e divertidos.

A gamificação é capaz de proporcionar uma experiência muito positiva para os candidatos e auxiliar o RH a avaliá-los melhor, aumentando a assertividade nas contratações.

 

 3. People Analytics transformando a gestão de pessoas 

Cada vez mais as organizações precisam encontrar formas de transformar seus dados em informações relevantes e utilizá-las para a tomada de decisões.O people analytics é a ferramenta a que permite essa prática no RH. Com ele é possível mapear os comportamentos de seus colaboradores para identificar situações em que os funcionários apresentem maior satisfação e motivação. Com essas informações é possível e investir no aumento dessas ações dentro da empresa para reter e desenvolver talentos.

Além disso, uma das tendências de RH é que essa abordagem também seja utilizada nos processos de recrutamento e seleção, analisando e cruzando dados dos colaboradores, a fim de traçar o perfil do candidato ideal. Dessa forma, é possível ter mais assertividade nas contratações.

 

4. Maior flexibilidade no trabalho

Ter flexibilidade no trabalho é um sonho para muitos brasileiros. Conciliar trabalho com estudos, família e outras atividades pode ser um grande desafio para muitas pessoas, principalmente quando o tempo de deslocamento até a empresa é grande. Uma pesquisa realizada pela ADP, com mais de dois mil funcionários aponta que a flexibilidade é o benefício mais valorizado pelos profissionais atualmente.

Ter liberdade para escolher seu próprio horário de trabalho e de onde ele será realizado, já é realidade para algumas pessoas e uma grande tendência de RH para 2020.

O acesso à internet e os softwares em nuvem viabilizaram essa flexibilidade, uma vez que os colaboradores conseguem acessar dados para realização do trabalho de fora da empresa e até mesmo participar de reuniões online.

Toda essa flexibilidade trás benefícios não só para os profissionais, mas também para a empresa, que ganha com o aumento da produtividade, engajamento e retenção dos talentos.

 

5. Automação de processos

A automação de processos no RH tem o objetivo de agilizar a realização de atividades burocráticas e repetitivas, melhorando o fluxo de trabalho e facilitando o dia a dia dos recrutadores, além de favorecer o compartilhamento de informações entre a equipe e gestores.

Atualmente, muitos processos de RH já podem ser automatizados, como por exemplo:

Divulgação das vagas: Quando surge uma solicitação de abertura de vaga, é imprescindível que o recrutador crie o job description. Essa atividade necessita cada vez mais de atenção e criatividade, para atrair e melhorar a captação dos candidatos. O grande problema é que com tantos sites, portais de empregos e redes sociais, o recrutador perde muito tempo publicado essa posição em diversos canais. Com um software especializado  é possível divulgar essas vagas automaticamente em poucos instantes.

Envio de Feedback: Devido ao alto volume de candidaturas, muitas vezes fica inviável fornecer feedback a todos as pessoas que participaram do processo. Com um especializado esse problema pode ser resolvido, através do envio de e-mails em lote ou envio de e-mails automáticos. Dessa forma, todos os candidatos aprovados e reprovados serão notificados com pouco esforço do recrutador.

 

6.    Maior preocupação com a experiência do Colaborador  

A experiência do colaborador (Employee Experience) é um conceito que tem se disseminado nos últimos anos e ganhará força em 2020, tornando-se uma prioridade estratégica.

O conceito refere-se a todas as experiências vividas pelo colaborador em sua jornada na empresa e seu principal objetivo é a melhoria do clima organizacional.

Investir em Employee Experience pode trazer diversos benefícios para as organizações, como por exemplo, maior engajamento, aumento da produtividade e retenção de talentos.

Para melhorar a experiência do colaborador, é importante que o RH faça um diagnóstico preliminar, para conhecer melhor os colaboradores e assim traçar ações que sejam relevantes para o público interno.

 Este conteúdo foi produzido pelo Compleo, empresa parceira da Share RH. Para ler mais conteúdos como esse, acesse o blog deles!

Deixe o seu comentário e conte-nos o que achou deste artigo