Entrevistas por vídeo: Tudo o que você precisa saber para conduzi-las de forma eficaz

Share RH

Share RH,

Publicado dia 30/04/2020

Entrevistas por vídeo: Tudo o que você precisa saber para conduzi-las de forma eficaz

 

Entrevistas por vídeo podem tornar o recrutamento e a seleção mais ágeis dentro das empresas, sem comprometer a qualidade e os resultados da contratação de novos profissionais

Se você já tentou ignorar as entrevistas por vídeo alguma vez, agora não dá mais: em meio a todas as mudanças trazidas pela pandemia da COVID-19, esse formato se tornou uma necessidade em diversas empresas nas quais o fluxo de projetos e trabalho, bem como a necessidade de novas contratações, continuam constantes.

Dividindo-se em videoconferências e entrevistas gravadas, as entrevistas por vídeo certamente podem contribuir positivamente com a eficiência dos processos seletivos. No entanto, embora muitos profissionais de RH e gestores já façam uso dela no dia a dia, ainda há àqueles que possuem certa resistência à efetividade do método.

Alinhado a este contexto, o artigo de hoje vem para mostrar que as entrevistas por vídeo são tão efetivas quanto as presenciais e que existem diversas práticas que podem ser adotadas para ajudar as empresas a obterem confiança nas decisões e avaliações de candidatos. Portanto, se você ainda não se adaptou a esse novo modelo, continue acompanhando nosso conteúdo e tire todas as suas dúvidas sobre o assunto!

Afinal, no que consiste a entrevista por vídeo?

Não é novidade que a tecnologia tem revolucionado uma série de questões. Considerado um dos fluxos mais importantes e valorizados das corporações, o recrutamento e seleção, por exemplo, vem passando por diversas mudanças tecnológicas ao longo do tempo para se tornar mais rápido, sem comprometer a qualidade e os resultados.

Se antes o processo padrão incluía o recebimento de uma ligação telefônica para a realização da entrevista propriamente dita ou o convite para uma entrevista presencial – que poderia envolver também a aplicação de testes individuais ou em grupo –, agora a tecnologia trouxe uma nova opção, que complementa o recrutamento e a seleção como um todo e facilita o dia a dia de candidatos, evitando deslocamentos, e dos recrutadores: as entrevistas por vídeo.

Extremamente populares para posições remotas, as entrevistas por vídeo também podem ser integradas com sucesso em um trabalho padrão no escritório. Normalmente, elas são usadas após a triagem inicial dos candidatos, permitindo uma avaliação mais direta do profissional entrevistado por parte do RH. Neste sentido, as entrevistas por vídeo podem ser realizadas de duas formas diferentes:

1.) Entrevista ao vivo:

É quando a entrevista acontece em tempo real por videoconferência, com a ajuda de smartphones e notebooks. Essa opção normalmente acontece em alguma das etapas preliminares da seleção e ajuda a filtrar os candidatos, uma vez que é a forma de comunicação virtual que mais aproxima recrutadores e entrevistados ao possibilitar que eles conversem frente a frente, mesmo que de locais diferentes.

Além disso, as videoconferências também possibilitam que os recrutadores entrevistem mais de um profissional por vez e têm sido bastante utilizadas para a realização de dinâmicas em grupo online.

De forma resumida, os principais diferenciais das entrevistas ao vivo, são:

– Comunicação bidirecional;
– Respostas em tempo real;
– Auxílio para o recrutador avaliar o comportamento e a linguagem corporal do candidato.

Vale destacar que, por acontecer em tempo real, as entrevistas ao vivo estão sujeitas a imprevistos. Por isso, uma dica valiosa tanto para recrutadores quanto para os entrevistados, é escolher um local adequado a fim de evitar interrupções em decorrência de barulhos externos ou então por conta da lentidão da internet.

2.) Entrevista gravada:

Neste caso, o recrutador deve criar um roteiro de entrevista com algumas perguntas e enviar aos candidatos juntamente com orientações básicas, como: se as perguntas devem ser respondidas em um único vídeo ou fracionadas, qual é o tempo máximo de resposta para cada questão e qual a data limite para envio.

Os participantes do processo seletivo, por sua vez, devem gravar suas respostas com o auxílio do computador ou por aplicativo no celular, seguindo todas as orientações que foram passadas previamente.

Uma das grandes vantagens desta opção é que ela permite que todos os candidatos recebam a mesma pergunta, uma vez que durante entrevistas ao vivo o entrevistador pode esquecer de perguntar algo. Além disso, o candidato possui a flexibilidade de responder as questões no melhor horário para ele – desde que dentro do prazo estipulado.

De forma resumida, os principais diferenciais das entrevistas gravadas são:

– Gravações economizam tempo;
– Trata-se de um método bastante conveniente, tanto para o recrutador quanto para o candidato;
– Flexibilidade para acessar os vídeos a qualquer hora e lugar.

Independentemente do formato de entrevista escolhido, é preciso ter em mente alguns pontos, como o tempo de duração que cada uma delas terá e a definição do questionário mais adequado para que seja possível ter uma visão clara dos candidatos.

Além do mais, cabe ao profissional de RH ter a sensibilidade para perceber que até mesmo excelentes candidatos podem não se sentir à vontade diante das câmeras e, como consequência, não se expressar tão bem nas entrevistas por vídeo. Diante dessa constatação, empatia e cuidado redobrado no momento da decisão podem fazer toda a diferença.

Por fim, vale lembrar que em ambos os modelos é possível compartilhar as entrevistas com os gestores responsáveis pela vaga, bem como com a equipe que trabalhará com o profissional que será contratado, para que eles também possam contribuir com a seleção do candidato.

As vantagens das entrevistas por vídeo

A entrevista por vídeo é uma tendência que tem tudo para crescer ainda mais nos próximos anos, mas que já tem colaborado e muito para a eficiência dos processos seletivos. Confira, abaixo, algumas das principais vantagens que vem sendo percebidas pelos profissionais de RH que fazem uso do método:

1.) Redução de custos

A economia de custos é um assunto tentador para qualquer organização, independentemente do tamanho dela, e é também um dos motivos que torna a entrevista por vídeo uma grande aliada da estratégia de RH. Isso porque a metodologia reduz os gastos associados às conversas presenciais, especialmente se o processo seletivo for aberto para pessoas de diferentes partes do país ou do mundo. Preencher uma posição executiva, por exemplo, às vezes exigiria que a empresa cobrisse todas as despesas de viagem e acomodação de um candidato que parecesse o ajuste perfeito em seu currículo e aplicativo. Logo, as entrevistas por vídeo podem ajudar a solucionar essa questão.

2.) Otimização do tempo

Os profissionais de RH responsáveis pelos processos de recrutamento e seleção das empresas sabem bem que a fase de entrevistas é extremamente complexa e requer planejamento estratégico de antemão. Especialmente nas primeiras etapas deste processo, as entrevistas por vídeo despontam como uma ótima forma de minimizar o risco de que um recrutador passe o dia com um candidato que não esteja qualificado para o cargo.

Com a utilização de vídeos na entrevista, o processo fica mais rápido, melhor para o candidato que não precisa se deslocar até o local de entrevista para uma conversa e também para a equipe de RH, uma vez que não haverá a necessidade de que todos estejam juntos no mesmo local.

3.) Contratações mais assertivas

O uso da tecnologia proporcionou uma nova vantagem para as empresas: elas não precisam mais restringir suas opções a candidatos que moram perto das operações delas. Neste sentido, as entrevistas por vídeo permitem que candidatos de outros lugares, que tenham o perfil da vaga, participem do processo seletivo mesmo que à distância. Com isso, é possível garantir uma melhor contratação, sem ter a localização como um grande empecilho.

Outro ponto é que muitos profissionais, especialmente os da nova geração, se sentem à vontade o suficiente para demonstrarem a sua essência nas conversas online. Este fator facilita a compreensão do perfil pessoal e profissional do candidato e se ele está de acordo com a cultura da empresa.

Conduzindo entrevistas por vídeos com eficácia

Agora que já explicamos os tipos de entrevistas por vídeo e as vantagens que elas podem trazer para as empresas, chegamos ao ponto central deste artigo: como realizar esse processo de forma eficaz?

Aqui, precisamos lembrar que um dos papéis dos recrutadores é preparar os candidatos adequadamente para a entrevista neste formato e uma das formas de fazer isso é disparar um e-mail que centralize as informações mais importantes sobre o funcionamento desse processo.

Para as entrevistas gravadas, por exemplo, é preciso detalhar as perguntas a serem respondidas, como os vídeos deverão ser gravados, qual o tempo disponível para cada resposta e até quando e como elas devem ser enviadas. Orientar os candidatos sobre o vestuário, boas práticas diante das câmeras e sobre o uso dos equipamentos que serão utilizados também são medidas muito importantes.

Já para as videoconferências, a dica é disparar um e-mail que detalhe o dia e a hora da entrevista, com atenção aos aspectos do fuso horário, bem como a plataforma que será utilizada e qual o link de acesso para ela. Neste caso, também é válido reforçar algumas orientações sobre o uso dos equipamentos que serão necessários e até materiais como lápis e papel.

Quando falamos das entrevistas ao vivo, outras práticas que podem contribuir e muito para uma conexão bem sucedida entre candidato e recrutador, incluem:

– Organizar o ambiente onde acontecerá a chamada e testar os equipamentos previamente, para que não haja imprevistos;
– Iniciar a conversa de forma descontraída, para que o candidato se sinta mais à vontade;
– Orientar o candidato durante todo o processo, fazendo apontamentos que o ajudem a se situar bem na conversa;
– Conduzir a conversa da mesma forma que costumaria fazer na entrevista presencial, dando espaço para que haja uma maior troca entre os envolvidos;
– Manter contato visual com a lente da câmera, para que o candidato perceba que detém a atenção.
– Evitar atender ligações ou outros assuntos momento da entrevista.

Por fim, vale lembrar que além de ferramentas como Skype, Hangouts e Zoom, que são amplamente utilizadas nas videoconferências, existem inúmeros softwares de recrutamento e seleção que podem auxiliar os profissionais de RH ao longo de todo esse processo. Alguns deles, permitem que o recrutador crie roteiros de entrevistas ou até mesmo testes de personalidade para entender melhor como é o perfil comportamental de cada candidato.

As melhores plataformas de entrevistas por vídeo

Conforme já discutimos, as entrevistas por vídeo podem diminuir drasticamente a quantidade de tempo que uma equipe de recrutamento gasta na seleção e contratação de candidatos e os softwares de entrevistas surgem para potencializar ainda mais esta missão. Confira, na sequência, as oito melhores plataformas existentes no mercado, de acordo com a avaliação da Select Softwares Reviews, canal dedicado a pesquisar e analisar os principais softwares de RH:

Compleo Video

O Compleo Vídeo, do nosso parceiro Compleo, é um software de entrevista por vídeo. Ele permite que recrutador e entrevistado se conectem por meio de vídeos em um ambiente virtual, tornando a triagem fluida, agradável e acertada. Para ficar mais claro, o Compleo Vídeo possibilita ao recrutador definir algumas perguntas que são enviadas para o candidato por meio da ferramenta e ele grava as respostas por vídeo. Logo, as interações podem ser mais frequentes e substanciais.

VidCruiter

Considerada uma das primeiras plataformas de entrevistas por vídeo, o VidCruiter traz uma oferta robusta que inclui guias de entrevistas digitais, automação de agendamento para entrevistas em vídeo e uma série de outros módulos úteis para recrutar novos profissionais. Sua base de clientes inclui nomes como Samsung, Kraft Heinz e KPMG.

Spark Hire

Possui mais de 5 mil clientes, incluindo marcas como Volkswagen, Ikea e BAE. Além disso, a ferramenta também é usada por cerca de 1 mil agências de RH. Trata-se de uma ótima solução para colocar as entrevistas por vídeo em funcionamento rapidamente.

myInterview

O software de entrevista em vídeo do myInterview pode ser inserido no site das empresas por meio de um widget fácil de implementar, o que significa que você pode usar entrevistas em vídeo em menos de uma hora. O módulo mais recente da plataforma usa o aprendizado de máquina para avaliar as respostas dos candidatos com base em seu profissionalismo, raciocínio e outros fatores. Entre seus principais clientes está o Facebook.

HireVue

Considerado um dos pioneiros nesse segmento, que despontou em 2004, o software Hirevue é conhecido principalmente por sua presença no espaço corporativo com mais de 700 clientes, incluindo Intel e Honeywell.

Interviewstream

Anteriormente conhecido como RIVS, o Interviewstream ajuda a otimizar o processo de recrutamento com plataformas de vídeo unidirecionais e sob demanda. Eles têm mais de 900 clientes, incluindo empresas de pequeno a grande porte, universidades e distritos escolares do ensino médio.

RecRight

A plataforma de entrevistas em vídeo do RecRight foi projetada para ajudar na contratação de candidatos de melhor qualidade, diminuindo o tempo gasto na seleção de profissionais em 50%. Seus clientes incluem a Uber e a KPMG, entre outras companhias.

AllyO

O software de recrutamento da AllyO inclui o melhor módulo de entrevista em vídeo da classe, juntamente com sua função de agendamento. Mais especificamente, a plataforma de entrevistas em vídeo é ótima para recrutamento de alto volume e se destaca por ser otimizada para dispositivos móveis.

OutMatch

O OutMatch permite que as equipes de recrutamento executem entrevistas em vídeo sob demanda e ao vivo com os candidatos e tem integrações disponíveis com ATS (softwares de recrutamento) amplamente utilizados. Vale destacar que a ferramenta suporta entrevistas em grupo ou em painel. Seus clientes incluem 7-Eleven, Panera e Subway.

Conclusão

Se o seu objetivo é permanecer competitivo e alinhado com as principais tendências do setor de RH, você certamente precisará adotar a entrevista por vídeo como uma parte essencial da sua estratégia em algum momento – especialmente se levarmos em consideração a situação atual, no qual o isolamento tem mudado a forma como muitos profissionais executam o seus trabalhos.

Esperamos que, a essa altura, você já esteja convencido de que as entrevistas por vídeo podem trazer mais agilidade e comodidade ao seu dia a dia, bem como contribuir positivamente com a eficiência dos processos seletivos. Mas, caso queira se aprofundar ainda mais no assunto, recomendamos que você clique aqui e assista ao nosso webinar “Entrevistas por vídeo: Como criar conexões e identificar talentos remotamente”.

Deixe o seu comentário e conte-nos o que achou deste artigo