RPO: como a terceirização do processo de recrutamento pode ajudar a sua empresa?

Share RH

Share RH,

Publicado dia 05/07/2021

Contar com o talento certo é fundamental para o crescimento sustentável de qualquer empresa, e, justamente por isso, o recrutamento e seleção de novos profissionais são considerados etapas cruciais.

No entanto, os setores de Recursos Humanos das companhias não raramente possuem equipes enxutas e com muitas demandas, o que pode comprometer a função estratégica deste processo.

Nessas horas, contar com uma consultoria de recrutamento e seleção pode ser uma ótima forma de auxiliar os profissionais de RH a contornarem a situação.

Mesmo com a consultoria ganhando cada vez mais força e importância dentro das organizações, ainda há bastante dúvida sobre quando contratar este serviço.

Para auxiliá-lo nesta missão, o artigo de hoje abordará o Recruitment Process Outsourcing (RPO), ou seja, a terceirização do processo de recrutamento. A partir deste conteúdo, você verá:

O que é RPO e como ele funciona;
Em quais situações o RPO é mais indicado;
E as vantagens que essa modalidade de serviço pode trazer para a sua empresa.
Vamos começar?
O que é RPO?

Segundo definição da Recruitment Process Outsourcing Association (RPOA), o RPO é uma forma de terceirização, no qual uma empresa transfere todo ou parte de seus processos de recrutamento para um provedor de serviços externo.

Trata-se de consultorias especializadas que possuem a aquisição de talentos como uma de suas competências centrais e, portanto, possuem as tecnologias mais modernas e os recursos necessários para atender às expectativas do cliente nesta frente.

Na metodologia de RPO, a empresa terceirizada pode acompanhar toda a etapa de seleção de talentos e aconselhar a tomada de decisão, auxiliando desde a definição do perfil da posição a ser ocupada até a entrada do novo membro na equipe.

Ao trazer know-how para o processo de recrutamento, as consultorias que oferecem esse tipo de solução também são capazes de:

Oferecer uma visão de mercado e métricas que subsidiem a tomada de decisões;
Analisar, propor, e formular soluções para problemas;
Promover melhorias nos processos de recrutamento e seleção da empresa atendida, trazendo mais agilidade;
Reformular procedimentos internos a fim de potencializar o desempenho das organizações;
Desonerar a gestão e liderança da equipe;
E contratar perfis técnicos mantendo o volume e qualidade esperados.

Vale destacar que, alinhadas às expectativas do cliente, as consultorias de recrutamento e seleção podem buscar profissionais no mercado de forma ativa, não se limitando a uma base de dados pré-estabelecida.

Tal abordagem, conhecida como hunting, se destaca como um dos principais diferenciais do RPO, pois garante uma contratação bastante assertiva.

Neste caso, ao invés de apenas avaliar os candidatos que chegaram por meio da divulgação da vaga, o recrutador – também chamado de Headhunter – trabalhará de forma ativa para encontrar o colaborador que se encaixe melhor nas exigências da vaga em aberto e que tenha sinergia com a cultura da empresa.

Quando o RPO é indicado?

Agora que você já sabe como o RPO funciona, deve estar se perguntando se esse tipo de serviço é realmente indicado para o seu negócio. Então vamos falar sobre isso!

Como dissemos anteriormente, é muito comum ver áreas de RH atuando com equipes cada vez mais enxutas e com muitas atribuições.

Em situações como essa, nas quais a empresa não possui uma equipe específica para absorver mais uma demanda, a contratação de uma consultoria terceirizada pode ser a solução ideal.

Mas não para por aí. O RPO também surge como a alternativa indicada para empresas em crescimento, que demandam um alto volume de contratações de uma única vez.

Afinal, você poderá contar com uma equipe de recrutadores treinados com amplo conhecimento em pesquisa avançada e no uso de tecnologias modernas, para encontrar candidatos de enorme valor, podendo prover equipes qualificadas em projetos de alto volume durante um período determinado.

Essa especialização, somada ao esforço de uma equipe treinada para conduzir os processos de forma ágil e humanizada, junto ao uso das melhores ferramentas, não apenas proporciona uma contratação mais assertiva, como também reduz o tempo do recrutamento e seleção.

Com isso, a equipe de RH da empresa contratante ganha mais flexibilidade para focar seus esforços no planejamento de ações de engajamento, treinamento, e aprimoramento de processos internos e execução de campanhas motivacionais.

As vantagens proporcionadas pelo serviço de RPO
Se você chegou até aqui, chegou a hora de conhecer mais detalhes sobre os benefícios que a terceirização do processo de recrutamento pode trazer ao seu negócio, para além dos diferenciais que já abordamos até agora.

Nós da Share RH identificamos 3 vantagens que são chave na escolha do RPO:

1. Com equipe de recrutadores treinados e mergulhados na cultura de cada cliente, conseguimos um alto nível de especialização e assertividade nas entregas de cada projeto, oferecendo insights de mercado sobre cada vaga/projeto, trazendo visão de solução e dados para tomada de decisão.

2. Flexibilidade: sabemos que nem sempre é simples prever demanda de vagas em ambientes altamente dinâmicos, por isso, trabalhar com uma consultoria parceira como a Share RH proporciona agilidade e flexibilidade para adaptar a novas demandas seja em número ou perfil de vagas de um projeto.

3. Previsibilidade na contratação: com uma equipe alocada exclusivamente num dado projeto, conseguimos ter maior previsibilidade e um compromisso da consultoria com o fechamento de um número projetado de vagas, sempre em consonância com a necessidade de cada projeto/cliente.

Gostou deste conteúdo e quer tirar dúvidas sobre RPO? Clique aqui e fale com um especialista da Share RH.

Contamos com uma área especializada em projetos de consultoria, que geram impacto na transformação dos ambientes das empresas em locais bem estruturados, participativos, transparentes e de desenvolvimento.

Deixe o seu comentário e conte-nos o que achou deste artigo